Eventos

Festivais difundem a alta gastronomia 

Os festivais gastronômicos são grandes estimuladores para o setor. A cada ano, Brasília se insere em roteiros de grandes eventos nacionais que trazem promoções e pratos novos. Além de estimular o consumo, os festivais proporcionam novas experiências da alta gastronomia ao consumidor por preços acessíveis.

A 6ª edição do evento Restaurante Week ofereceu um menu promocional em setenta estabelecimentos renomados da cidade. Os cardápios seguiam um valor fixo em todas as casas da cidade. Durante duas semanas o público brasiliense pôde saborear a mais alta gastronomia por preços promocionais. Nesta edição, foi estimado um público de cerca de 150 mil pessoas, número que quase alcançou o total de visitantes das duas edições anuais de 2011, que receberam 153 mil participantes. A primeira edição de 2012 ocorreu entre 23/01 e 5/02, e a segunda edição vai ter início em 16 de julho.

O evento foi criado em Nova York há vinte anos e busca estimular os clientes a provar pratos sofisticados, que muitas vezes não são consumidos por conta dos preços.

O evento Sabor Brasil tem o mesmo objetivo. Organizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o festival reúne 5 mil restaurantes em todo o país e é considerado o maior evento gastronômico do mundo. Ao longo de uma semana, os restaurantes que participam do festival têm de criar um prato novo, também a preço promocional. O Sabor Brasil de 2012 evidenciou a influência da cultura italiana na cozinha brasileira. No Distrito Federal, mais de cem estabelecimentos participaram desse intercâmbio cultural.

Segundo Jaime Recena, presidente da Abrasel, o objetivo do festival é ampliar o número de clientes e aumentar as vendas no período. “É uma excelente oportunidade de difundir a criatividade e a gastronomia em Brasília”, comenta.

Outro festival realizado pela Abrasel é o Bar em Bar, o maior movimento de valorização de bares do país. A campanha de 2011 trouxe o conceito “No país do tira-gosto, Bar em Bar é dez”. Os bares participantes ofereceram um tiragosto típico brasileiro ao preço único de R$ 10. O festival teve a duração de um mês, entre novembro e dezembro. O movimento Bar em Bar vai realizar em 2012 sua 6ª edição.

O mais novo evento que chegou a Brasília é o Roda de Boteco. O concurso seleciona os bares nas seguintes categorias: melhor bar, melhor boteco e melhor atendimento. Os bares são eleitos por voto popular. Para participar, o cliente deve experimentar o petisco e solicitar a cédula de votação no estabelecimento. O objetivo do evento é aumentar o consumo e melhorar o atendimento dos bares de Brasília.

O festival Roda de Boteco é promovido pela Ecos Evento com o apoio do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Brasília (Sindhobar). Em 2012, ocorrerá a 3ª edição do evento, que será realizado na 2ª quinzena de julho. A festa de encerramento do evento, o Butecão, acontece em 4 de agosto no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Brasíliaaindarecebediversosfestivais de cozinha ao longo do ano, como por exemplo, a inauguração, em 2011, da Primeira Mostra de Gastronomia Indígena Contemporânea, que ofereceu uma sessão de degustação de deliciosos pratos da cozinha tradicional dos povos sateré-mawé, ticuna e kamayurá.

Em 2012 a mostra terá um novo nome: 1ª Mostra Cultural e Gastronômica Indígena Contemporânea. O evento deste ano vai promover uma degustação de pratos tradicionais de diversas etnias indígenas, além de um momento de interação com outras culturas por meio da música, do artesanato e da cultura corporal. A Mostra acontece também no dia 4 de agosto na Casa das Nações , no Gama (DF).

Este evento trouxe um novo conceito para a gastronomia de uma cozinha contemporânea com forte inspiração na tradição dos povos indígenas brasileiros. Os pratos foram servidos em estilo tradicional indígena. Com uma culinária tão diversificada como a da capital federal, investimentos em eventos desse tipo – focados em uma culinária específica – podem contribuir para a discussão de como trabalhar com modelos de cozinha que estão fora dos holofotes.

Outro evento importante na capital federal é o Salão da Alimentação, organizado anualmente desde 1997 pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no DF (Sebrae-DF). O objetivo é movimentar a cadeia produtiva do setor, que inclui não apenas comidas e bebidas, mas também produtos agropecuários, utensílios (como talheres e panelas), serviços, vestuário, tecnologia da informação e equipamentos.

Em 2010, o Salão recebeu mais de 2 mil pessoas no Pátio Brasil Shopping e contabilizou R$ 9 milhões em expectativas de negócios. Ao todo, foram montados quarenta estandes que apresentavam fornecedores de alimentos, serviços, vestuário, tecnologia da informação, equipamentos e utensílios.

O papel mais importante do evento é fazer a interação entre os fornecedores e os donos de restaurantes para que possam dialogar e descobrir as necessidades mútuas. Além do estímulo aos negócios, o Alimenta ainda oferece oficinas de drinks e coquetéis, ceia natalina, confeitaria, petiscos e decoração de pratos. Mais de mil pessoas participaram das oficinas.