Riacho Fundo II

40% dos moradores do Riacho Fundo II têm imóvel quitado 

O Riacho Fundo II começou a ser loteado em 1994. Ao todo foram assentadas 562 famílias que antes viviam em uma invasão do Setor de Indústrias e Abastecimento na QN1. Em 13 de março daquele ano aconteceu a primeira transferência, por isso a data passou a ser lembrada como aniversário da cidade. A subadministração regional da cidade foi criada pelo governo do Distrito Federal em 2001, e somente em maio de 2003 a cidade foi transformada em Região Administrativa. A emissão de certidões para os imóveis em 2010 trouxe ao Riacho Fundo II a oportunidade de valorizar-se como opção imobiliária. Como consequência, vieram mais investimentos e moradores.

A Região Administrativa está no grupo de cidades que fazem parte da campanha “Regularizar para morar legal”, do governo do Distrito Federal. Iniciada em abril de 2011, a política pública pretende garantir o direito da população a moradias regularizadas e com infraestrutura.

APesquisaDistritalporAmostradeDomicílios (PDAD), da Companhia de Planejamento Urbano do Distrito Federal (Codeplan) de 2011, estima que quase 40 mil pessoas vivem na RA. A expansão da população deve-se, em grande parte, à migração interna no DF. Mais da metade dos moradores da cidade veio de Ceilândia e de Taguatinga.

O comércio é o setor que mais contrata no Riacho Fundo II (30,5% dos trabalhadores), seguido da administração pública (10,3%) e da construção civil (7,5%). A Região Administrativa, porém, não oferece número significativo de postos de trabalho. Apenas 17% dos moradores não precisam deslocar-se para outras cidades, pois um terço da população trabalha em Brasília. A produção agrícola também ocupa papel de destaque – fazem parte da cidade os Conglomerados Agrourbanos de Brasília (Caub I e II).

Pesquisa Domiciliar Socioeconômica (PEDS) da Companhia de Planejamento Urbano do Distrito Federal (Codeplan), publicada em 2009, indica que a renda domiciliar de 29% da população varia entre três e cinco salários mínimos. Além disso, 40% da população tem imóvel próprio quitado, segundo dados da PDAD-2011.

Riacho Fundo II (Foto: Divulgação)

As atividades culturais na cidade estão bastante identificadas com o desenvolvimento sustentável. O projeto Quadra Limpa Começa em Casa realiza oficina de fabricação de sabão partir do óleo de cozinha usado e de restos de gordura animal. Há também oficinas de fabricação de brinquedos que lançam mão de rolos de papel higiênico e materiais descartáveis com a intenção de mostrar à comunidade que é possível gerar renda por meio da reciclagem e da inovação. O projeto promove atividades educativas sobre a destinação correta do lixo, o desenvolvimento sustentável e os cuidados com o meio ambiente. As oficinas são gratuitas. Parcerias e mutirões limpam as quadras e levam serviços de varrição de ruas, pinturas de meios-fios, retirada de entulho, recuperação de calçadas e parques comunitários para as comunidades.

A escola de samba Acadêmicos do Riacho Fundo II é destaque. O Riacho Fundo II confraterniza com a comunidade na maioria dos finais de semana. A comunidade tem o privilégio de ter acesso à cultura e à educação. Outras referências são os eventos Canta Riacho, realizado no QuadradãoCultural, e o Festival da Criança. Nos fins de semana são promovidos shows e atrações culturais.

A população local conta com uma estrutura urbana cada vez mais revitalizada. Há boa oferta de serviços públicos. O Riacho Fundo II dispõe ainda de uma Agência do Trabalhador, uma Companhia Independente da Polícia Militar e quatro postos de segurança comunitária, um restaurante comunitário, umaquadrapoliesportivacoberta, noveescolas públicas, um centro de saúde, dois postos de saúde urbanos e um posto de saúde rural.

A área urbana de 30 km• é dividida em quadrasindustriais(QIs), quadrasnorte(QNs) equadras centrais (QCs). As quadras sul (QSs) e os Conglomerados Agrourbanos de Brasília I e II – Caub I e II. Quase a totalidade dos domicílios da região administrativa dispõe de abastecimento de água, rede de esgoto sanitário e serviço de limpeza urbana.

Administração Regional: 
QN 7, conj. A, lotes 1/2
Riacho Fundo II – Riacho Fundo-DF, CEP: 72601-970
Fones: (61) 3333-9600/3333-9620/3333-9616
Fax: (61) 3333-9604
E-mail: administrador@riacho.df.gov.br
Site: www.riachofundoii.df.gov.br